Brasília

-

Hoje

27ºC

14ºC

Amanhã

25ºC

14ºC

IBOVESPA | 0,00% (0,00 pontos)

Associação Brasileira de Microcervejarias é lançada durante o evento duplo 5ª Expobev/Confrebras 2013

Por devk13| 23/10/2013

Tamanho da Fonte

A- A+
Entidade foi constituída no primeiro dia do maior evento do setor de bebidas do Brasil, que acontece de 23 a 25 de outubro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.  

No dia 23 de outubro, durante o maior evento de bebidas nacionais do País – 5ª Expobev/Confrebras 2013, foi lançada a Associação Brasileira de Microcervejarias, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo - SP. A Entidade nasce com o objetivo de representar as mais de 300 microcervejarias hoje existentes no país, e lutar para realizar ações que promovam o desenvolvimento do setor.

 

Marcelo Carneiro da Rocha, da Cervejaria Colorado, presidirá a Entidade, que tem como meta defender uma tributação mais adequada para o segmento, de maneira que possa ter condições de ampliar sua posição no mercado, hoje predominantemente dominado pelas grandes corporações.“Atualmente, os 300 microcervejeiros existente no País têm uma participação de menos de 1% do mercado. Somos pequenos, mas somos brasileiros e o governo precisa nos ajudar a crescer”, conta Carneiro.

 

Segundo o presidente, a carga tributária do setor atinge mais de 60% do valor do produto. Além disso, a maioria dos microcervejeiros trabalha com matérias-primas mais caras. “Não temos oportunidade de disponibilizar a bebida a um preço atraente no mercado por dois motivos: a alta carga tributária e a concorrência esmagadora de um setor oligopolizado por estrangeiros. Precisamos reverter esse cenário e oferecer mais opções aos consumidores brasileiros” desabafa.

 

A Associação é composta ainda pelo vice-presidente, Jacir Cavalheiro, da Beer Hoof; tesoureiro, Jorge Henrique Glitzes, que também é diretor da Associação Gaúcha das Microcervejarias; e secretário, Fernão Sérgio de Oliveira, da Cervejaria Joinville. De acordo com a diretoria eleita e empossada, a Associação Brasileira de Microcervejarias orientará suas ações para alcançar diversos propósitos, entre eles o desenvolvimento de um mercado justo, competitivo e corretamente regulado. “Vivemos em uma situação de injustiça total, por causa da concorrência desleal e da alta tributação”, reforça o presidente.

 

Além disso, segundo Carneiro, a Associação manterá a representação do setor de cervejarias artesanais perante a sociedade, as diversas entidades do governo e as instituições pertinentes em temas relacionados à melhoria do ambiente de negócios.

  Mais informações ou entrevistas com o presidente entre em contato com a Equipe De León: kamyla@deleon.com.br;danielle@deleon.com.br.