Brasília

-

Hoje

28ºC

14ºC

Amanhã

28ºC

14ºC

IBOVESPA | 2,15% (93.003,34 pontos)

Ousadia é diferencial da indústria Bebidas Monte Roraima, no Norte do país

Empresa roraimense completou 30 anos neste mês; veja quais são os segredos do sucesso

Por Portal de Bebidas Brasileiras| 17/02/2020

Tamanho da Fonte

A- A+

Instalada em Boa Vista, capital de Roraima, a indústria Bebidas Monte Roraima tem ousadia e determinação para manter protagonismo nas vendas, driblando dificuldades que assolam a região Norte do Brasil. Segundo o diretor, Vaneri Antonio Verri, a empresa foi idealizada por seu pais, Antonio Poyato Verri e Maria Luzia Verri, para destacar-se no mercado de refrigerantes do Estado.

Associada da Afrebras (Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil), a empresa completou 30 anos no último dia 9. As constantes inovações no maquinário e embalagens de bebidas são, na avaliação de Vaneri, diferenciais que ajudam a empresa a manter destaque nas vendas a nível estadual e até internacional, exportando para a Guiana.

Frente da indústria Bebidas Monte Roraima em Boa Vista, capital de Roraima – Foto: Divulgação

A indústria foi fundada em 9 de fevereiro de 1990 pelo casal Verri, moradores de Roraima desde a década de 1970. Após anos de dedicação à produção de bebidas e gestão da fábrica, Antonio, de 66 anos, e Maria, de 67, decidiram viver no interior do Estado, passando a indústria para seus filhos. Desde então, Vaneri, de 40, e seu irmão Verlei Verri, de 34, comandam o negócio.

A inspiração para os irmãos entrarem no ramo empresarial de bebidas foi repassada de pais para filhos, durante a juventude. “Nós crescemos praticamente dentro da empresa. Quando papai e mamãe nos levava, observávamos tudo. Com vivencia dentro da fábrica, acabamos criando gosto e identificação por aquela rotina”, lembra o diretor de bebidas.

A indústria Bebidas Monte Roraima teve como influência o nome do gigante Monte Roraima, que tem 2.810 metros de altitude e está localizado na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. A fama do monte ajudou na popularidade das bebidas produzidas pela marca no Estado de Roraima e nos países vizinhos.

O monte Roraima, na triplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana, é um dos lugares mais bonitos e misteriosos do planeta – Foto: Divulgação

Produtos

A empresa produz a linha de refrigerantes Bizzu, com os sabores guaraná, laranja, limão, uva e cola nas embalagens de 1 e 2 litros e 350 ml. O grande destaque da produção é o refrigerante sabor tubaína, que, conforme informou Vaneri, chega a representar mais de 60% do faturamento nas vendas da indústria.

Lançamento

Para comemorar o aniversário de 30 anos, a indústria lançou o refrigerante sabor tubaína na embalagem de 1 litro, em homenagem às três décadas da empresa Bebidas Monte Roraima. O diretor, que também é advogado, destaca que a novidade resultou em uma melhora significativa nas vendas e distribuição de produtos da marca.

“Foi um grande sucesso [o lançamento da nova embalagem]. Certa vez, um amigo, dono de lanchonete, comentou comigo que suas vendas triplicaram depois que ele começou a vender seus sanduíches com o refrigerante de tubaína no volume de 1 litro”, destacou Vaneri, explicando a promoção feita pelo comerciante.

Produtos da indústria Bebidas Monte Roraima – Foto: Divulgação

Inovações

Em 2019, a empresa trocou a roupagem das garrafas, reduziu em 25% a quantidade de açúcar dos refrigerantes da linha Bizzu e modernizou o rótulo. O diretor da indústria também ressalta o desejo de participar do concurso Os Melhores Sabores do Brasil, realizado pela Afrebras a cada dois anos. O próximo concurso está previsto para 2021, com inscrições que iniciarão em março deste ano.

Sempre que possível, o executivo de Bebidas busca novos investimentos para a fábrica e para os produtos da empresa.

“É importante trabalharmos com os equipamentos de alta qualidade para nosso parque fabril. Hoje, sempre que percebemos que está em um bom momento para modificações, somos ousados e vamos em busca de melhorias para a empresa”, destaca o diretor.

Mesmo com os períodos de crise, o diretor se orgulha por manter a venda de produtos em um nível estável. “Conseguimos sobreviver competindo com produtos de grandes multinacionais e de outras indústrias regionais do Brasil, contrariando aqueles momentos graves de crises que também atingiram nossa região”, afirmou.

Relação intensa com consumidores

“Aqui, a relação com consumidores é muito próxima. Boa Vista, apesar de ser a capital do Estado, é uma cidade pequena. Quando colaboradores da empresa vão ao shopping, por exemplo, têm pessoas que criticam e outras que elogiam nossos produtos”, conta Vaneri.

Em vídeo publicado pelo canal Programa do Polivalente, no YouTube, a fábrica Bebidas Monte Roraima anuncia alguns de seus produtos.

“Quando recebemos elogios, claro, ficamos orgulhosos porque é sinal de que o trabalho está sendo bem feito. Mas também não deixamos esse orgulho subir à cabeça”, ressalta. “Agora, quando recebemos críticas, acatamos as reclamações e levamos à empresa para sempre melhorar no que for possível”, acrescenta o diretor.