Brasília

-

Hoje

34ºC

17ºC

Amanhã

34ºC

16ºC

IBOVESPA | -0,19% (104.420,41 pontos)

Biri Refrigerantes investe em alta produção sustentável em Pelotas

Empresa gaúcha encontra inovação comercial na captação e utilização de energia solar

Por Afrebras| 06/09/2019

Tamanho da Fonte

A- A+

A Biri Refrigerantes é uma indústria gaúcha que divide suas atenções entre a produção sustentável e a solidariedade com a comunidade. A empresa tem sede na cidade de Pelotas, a 260 quilômetros de Porto Alegre (RS), e realiza frequentes estudos na área da sustentabilidade para estabelecer um padrão de consumo consciente.

Nos últimos dois anos, os diretores da empresa investiram na implementação de uma usina fotovoltaica de minigeração, tornando-se, totalmente, autossuficientes a partir da utilização de energia solar. A Biri Refrigerantes, segundo eles, é a primeira indústria sulista a utilizar essas inovações em sua produção.  No final do primeiro semestre de 2018, foram instaladas 681 placas de captação solar nos telhados dos pavilhões da indústria.

O projeto da energia solar, de acordo com a direção, não foi o único aplicado pela empresa no quesito da sustentabilidade. A Biri Refrigerantes também promove projetos educacionais de reciclagem e realizou a troca do meio de transporte utilizado na coleta de garrafas PET, substituindo as carroças movidas por animais pela utilização de quadriciclos elétricos.

A indústria, criada por Jorge Vilmar Tuchtenhagen e Celso Edgar Klein, mantém o foco de sua distribuição para 27 municípios do Rio Grande do Sul. Seu quadro de trabalho conta com 45 colaboradores, todos capacitados de acordo com as necessidades estabelecidas pela chefia de cada setor.

 

Placas de captação solar nos telhados da indústria – Créditos: Acervo da Biri Refrigerantes

 

Ajuda comunitária

A cidade de Pelotas, frequentemente, enfrenta problemas com fortes chuvas. Devido às enchentes e alagamentos causados pela cheia da Lagoa dos Patos, a maior laguna da América do Sul, diversas famílias são prejudicadas e ficam desalojadas a procura de abrigo e produtos de necessidade básica.

A Biri Refrigerantes, segundo seus diretores, trabalha na tentativa de atender todas as necessidades dos moradores locais. Em 2018, em conjunto com instituições e voluntários, doou 200 fardos de água mineral para ajudar os moradores afetados pelas enchentes.

“Também procuramos, além do incentivo à cultura, apoiar a Santa Casa de Pelotas. Colaboramos com água para enchentes e, na medida do possível, atendemos as necessidades da população”, afirma o sócio diretor Jorge Vilmar Tuchtenhagen.

Novo sabor e futuro

Com a produção de sua linha de refrigerantes iniciada há 16 anos, a indústria tem uma diversificação no comércio de sabores, entre eles guaraná, limão, laranja, cola, uva e tutti frutti. Em 2015, foi apresentado um novo sabor, considerado pelos donos como diferencial da empresa. O produto é feito a partir do Pomelo, fruta cítrica tradicional  encontrada na Argentina e no Uruguai.

Representantes do marketing identificaram que o Pomelo era um produto muito consumido pelos gaúchos em viagens aos países vizinhos. “Assim, utilizamos dessa estratégia de comunicação para que os adoradores de Pomelo não necessitem mais viajar até esses países para consumir a bebida que tanto adoram”, comenta Leonardo Schneider, analista de comunicação e marketing da empresa.

Segundo Tuchtenhagen, a Biri Refrigerantes enxerga o sabor Pomelo como um ponto forte na estratégia de vendas pela capital do Estado, Porto Alegre, e confirma que estão sendo realizados investimentos para o estabelecimento do produto. Além disso, a Biri Refrigerantes também estuda expandir a sua gama de produção com a implementação de refrescos em garrafinhas de 350ml e 1,5L, mas o projeto aguarda a verificação de legislações para a continuação.