Brasília

-

Hoje

30ºC

15ºC

Amanhã

30ºC

15ºC

IBOVESPA | -0,06% (102.117,79 pontos)

Centenária, fábrica Refrigerantes Cyrilla volta a produzir após 12 anos

Empresa conta com investimento de trio de empresários para retomar sucesso das bebidas, no RS

Por Correio do Povo*| 27/07/2020

Tamanho da Fonte

A- A+

A empresa de Refrigerantes Cyrilla, de Santa Maria, a cerca de 290 quilômetros de Porto Alegre, retornou às atividades após 12 anos parada. A fábrica centenária foi resgatada pelos empresários Luiz Antônio Marquezan, José Antônio Saccol e Lairton Padion, que mantiveram as fórmulas das bebidas e investiram no retorno. A tradicional bebida Cyrillinha, refrigerante de laranja, está à venda em garrafas de vidro não retornáveis de 275ml e em garrafas pet de 500ml.

Histórica em Santa Maria, a fábrica contou com o apoio do trio de empresários para investir em equipamentos de alta tecnologia com o objetivo de se manter na volta ao mercado de bebidas. A expansão dos produtos foi planejada para primeiro se fortalecer no centro da cidade, depois nos bairros e, após, vender para a região, seguindo uma estratégia em formato espiral.

Um dos sócios, Luiz Marquezan destaca que cerca de 90% dos bares, restaurantes e mercados já receberam as bebidas. “A produção foi muito bem aceita e a demanda foi muito maior do que a produção. Estamos obtendo resultados acima do esperado”, afirma ele.

Os preparativos para o retorno da empresa que foi sucesso nos anos 1980 e 1990 já estavam sendo planejados, e há cerca de 4 anos atrás, tudo já estava encaminhado. Segundo Luiz, os sócios tiveram o apoio da prefeitura de Santa Maria para agilizar o processo. Hoje, a Cyrilla conta com uma estrutura moderna e preparada para atender às demandas do público, que recebeu muito bem a volta dos refrigerantes.

Fundada em 1910, a empresa completou 100 anos em 2010 e tinha tradição em todo o Rio Grande do Sul por produzir a Cyrillinha, bebida de tom alaranjado à base dos óleos da casca de laranja. Para o retorno, o produto segue com a fórmula original, sendo feita com a mesma técnica de produção.

Além da Cyrillinha, a fábrica também retorna ao mercado produzindo água tônica, água com gás e as tradicionais bebidas em sabores de laranja e limão, além do guaraná,  que é considerado um dos sabores mais antigos e tradicionais do país.

*Título editado