Brasília

-

Hoje

27ºC

14ºC

Amanhã

25ºC

14ºC

IBOVESPA | 0,00% (0,00 pontos)

Logística, tecnologias para reduzir açúcar e edulcorantes são temas de palestras no primeiro dia do Simpósio de Fornecedores

Por devk13| 24/10/2013

Tamanho da Fonte

A- A+
Atividades continuam hoje (24) durante a 5ªExpobev/Confrebras 2013, no Centro de Exposições Imigrantes  

O Simpósio de Fornecedores foi mais uma atração do primeiro dia da 5ªExpobev/Confrebras 2013 ao reunir especialistas para discutir e trocar experiências sobre o mercado de bebidas nacionais em geral. Na oportunidade, os próprios expositores ministraram palestras sobre temas pertinentes ao setor.

 

A abertura do Simpósio de Fornecedores foi realizada pelo diretor comercial da Tovani Benzaquen, Flávio Moribe, com o seminário “Novas tecnologias para redução de custo no sistema de adoçamento (açúcar) nas bebidas”. Na oportunidade, ele explicou o surgimento da marca zero e que a Anvisa reduz o limite máximo de uso de edulcorantes em alimentos e bebidas. De acordo com o especialista, o Neotame é o edulcorante da próxima geração, uma vez que já vem com redução total de custo de adoçamento. “Ele já é aprovado em mais de 30 países, é muito mais estável que o aspartame, não contém tarjas de advertências e é utilizado como realçador de sabor. Já a sucralose é a melhor opção de qualidade e sabor com excelente redução de custos em relação ao açúcar, já que é 600 vezes mais doce que o açúcar e é o único edulcorante proveniente do próprio açúcar”.

 

Na sequência, o diretor da Control Informática, Clecio Tomaz, ministrou a palestra “Path Find – Minimize os custos de logística nos centros urbanos”. Em sua opinião, toda empresa de bebidas, independente do porte, deve fazer redução dos gastos na coleta e distribuição dos produtos em geral. “Planejar as rotas e programar os veículos de entrega é uma operação difícil e demorada, mas de fundamental importância. Além disso, cada um dos seus veículos deve passar diariamente por diversos pontos de vendas, seja para realizar entregas, fazer coletas, vender, dar suporte técnico ou qualquer outro serviço de campo”.

 

Segundo Tomaz, os objetivos desta ação são: reduzir os custos operacionais da logística; agrupar clientes pela proximidade; otimizar a montagem de cargas; e tratar prioridades de atendimentos para clientes. “O Japão utiliza a otimização desde a Segunda Guerra Mundial. No Brasil, as pessoas são avessas à matemática, contudo esse cenário está mudando. Ou os empresários fazem a otimização ou serão apenas mais um neste mercado extremamente competitivo”, alerta.

 

Dando continuidade ao Simpósio de Fornecedores, o supervisor de vendas da Química Anastácio, Robson Corrêa da Silva, falou a respeito do “uso de edulcorantes em produtos diet e light”, e para fechar o dia com chave de ouro, foi a vez de Wanda Cherubim, da Matrix Ingredientes, falar sobre os “Corantes naturais em refrigerantes”.

 

O Simpósio de Fornecedores continua hoje (24) com as seguintes palestras: “Carbonatação de bebidas com soja – Técnicas e Oportunidades”, apresentada pelos diretores da Loop Aromas e Sucos Naturais, Oscar Piacentini e Wagner da Cruz, seguida pelo painel “Tecnologias em emulsões e aromas e cadeias de valor mais sustentáveis” comandada pela representante da MatPrim Solutions, Thaís Cruz. Na sequência do ciclo de palestras, às 17 horas, André Dorner, do Senai, ministrará o painel “Segurança na rede de automação industrial de bebidas e alimentos”, e às 18 horas, José Gonçalves Antunes discorrerá sobre a “Utilização de mostos superconcentrados na produção de cerveja”.

  Texto: Danielle Ruas Edição: Lenilde De León Assessoria de Imprensa da Afrebras