Brasília

-

Hoje

30ºC

14ºC

Amanhã

30ºC

15ºC

IBOVESPA | 0,89% (101.353,45 pontos)

Refrigerantes Cibal recebe homenagem de projeto para crianças, em MG

Auditório do Museu de Maquetes da Nossa História foi batizado com nome de diretor da indústria

Por Portal de Bebidas Brasileiras| 20/11/2019

Tamanho da Fonte

A- A+

O sócio proprietário e diretor comercial da indústria Refrigerantes Cibal, Rafael Antônio Saullo, de 75 anos, foi homenageado em nome da empresa, nesta quarta-feira (20). A homenagem foi realizada, pelo Instituto Real, que promove o projeto de maquetes Brasil Nota 10, em Passa Quatro, a cerca de 440 quilômetros de Belo Horizonte.

O Instituto Real convidou Saullo para prestigiar a homenagem como forma de gratidão pelas contribuições feitas pela empresa Refrigerantes Cibal para mantimento do projeto que acolhe doze crianças, entre 11 e 16 anos. O diretor teve seu nome batizado no auditório do Museu de Maquetes da Nossa História, onde ficam expostas as obras de arte de crianças beneficiadas.

De acordo com o diretor, sua indústria decidiu apoiar a instituição para ajudar na educação dos jovens. Saullo afirma que o investimento de sua empresa ao instituto inclui quantias mensais em dinheiro e contribuições com produtos, como refrigerantes.

“Este reconhecimento é por tudo que estamos fazendo por eles. É um modo de abrir os olhos de empresários da cidade e também de fora, para que eles possam ajudar na formação e desenvolvimento social dessas crianças”, afirma Saullo.

 

Instalado na cidade há 12 anos, o Instituto Real contava com vários apoiadores que investiam na manutenção e estrutura para os jovens. No entanto, de acordo com o representante da Cibal, os desentendimentos e interesses políticos contribuíram para que empresas e a própria prefeitura deixassem o projeto de lado.

Com fim de patrocínios de apoiadores políticos, em 2016, segundo Saullo, o projeto iria deixar de existir. “Colocamo-nos à disposição do projeto para ajudar de qualquer maneira possível a manutenção das atividades. De três anos para cá, somos os únicos investidores que contribuem com a instituição”, conta.

O diretor diz que a principal motivação para investir no projeto são os principais legados construídos durante os 57 anos da empresa, que, segundo afirma, são a preocupação com a socialização dos moradores, o apoio ao respeito entre eles e a responsabilidade com a educação das crianças.

“Nossa empresa tem como metas a educação, a cultura e o esporte. Valorizamos muito essas três metodologias sociais”, ressalta, para acrescentar: “Com certeza, as crianças beneficiadas têm ensinamentos muito importantes com o projeto Brasil Nota 10. Elas montam maquetes lindíssimas. É uma junção de estudo de história com a diversão de reproduzir o aprendizado por meio de miniaturas”.

Saullo diz que a manutenção de projetos é de extrema importância para a cidade. Segundo ele, além de instruir os jovens a estudar e ajudar a mantê-los longe das ruas, as crianças acabam contribuindo com o turismo de Passa Quatro. O diretor afirma que, durante estes 12 anos de atividade do Instituto Real, o espaço já recebeu mais de 50.000 turistas.

“Nós, da Refrigerantes Cibal, não estamos preocupados em sermos reconhecidos por estas atitudes”. destaca. “Queremos apenas ajudar de alguma forma para que no futuro tenhamos um mundo melhor. Tenho orgulho de mostrar nossa fábrica para quem seja, construímos este pensamento de sempre querer contribuir ao próximo que precisa”, pondera.