Brasília

-

Hoje

30ºC

15ºC

Amanhã

30ºC

15ºC

IBOVESPA | -0,06% (102.117,79 pontos)

União da família é a fórmula do sucesso das Bebidas Rio Branco no Paraná

Há 67 anos, família Resquetti fortalece diferencial para negócio na cidade de Astorga

Por Portal de Bebidas Brasileiras| 15/10/2019

Tamanho da Fonte

A- A+

O executivo Odair Resquetti, de 66 anos, é da terceira geração da família oriunda da Itália e fundadora da indústria Bebidas Rio Branco, localizada em Astorga, a cerca de 420 quilômetros de Curitiba. A jornada dele começou aos 34 anos, quando se tornou sócio-diretor da empresa, ao lado de seu pai Ricireri Resquetti. Desde os primeiros anos do negócio, os familiares trabalham unidos, o que, segundo eles, é a receita do grande sucesso do empreendimento

Bisavô de Odair, Ernesto Resquetti fundou a empresa em 1951, junto de seus filhos Cândido, Carlos e Ricireri, que ajudaram na construção da empresa e trabalharam nela. De início, os sabores produzidos foram guaraná, tubaína e laranjinha princesinha. Odair ressalta que a inspiração para o nome da empresa veio de uma cidade canadense, chamada White River, que, em português, significa Rio Branco. A ideia foi de Ernesto, um dos pioneiros na construção da estrada de ferro da cidade canadense.

O diretor relembra que, nos primeiros anos da indústria, a fabricação das bebidas era feita manualmente e entregue todos os dias a armazéns e bares da cidade de Astorga. “Fabricava-se em um dia e, no outro, meu avô, meu pai e seus dois irmãos, montados em uma carroça, saíam para entregar os produtos”, conta. A indústria está localizada em uma região do país que tem a capital com o maior consumo de refrigerantes.

Em 1961, aos 27 anos de idade, Ricireri assumiu o cargo de diretor-geral juntamente de seus dois irmãos, Carlos e Cândido. Eles comandaram a empresa até 1997, mas, devido à idade, passaram o cargo para Odair Resquetti e a então mulher dele, Prezisan Resquetti.

A indústria Bebidas Rio Branco aumentou a sua produção e fabrica mais de dez sabores, como abacaxi, framboesa, limão, citrus, uva e tuti fruti e laranja. As embalagens variam de 2 litros a 250ml, em garrafas pet e retornável.

 

Refrigerantes fabricados por Bebidas Rio Branco – Foto: Arcevo da empresa

 

O sabor líder de vendas, segundo Odair, é o refrigerante Guaraná Rio Branco, produto consolidado da empresa. A distribuição é feita exclusivamente, no Norte do Paraná, para cerca de 140 municípios. “Construímos uma clientela em um raio de 120 quilômetros da nossa cidade. Nossa marca está consolidada no Estado pela tradição e confiança dos consumidores dos nossos produtos”, assevera.

O domínio oficial da empresa fica por conta da mãe de Odair, a viúva Prezisan Resquetti, de 87, que leva o nome da indústria. Ele diz que está satisfeito com o desempenho de vendas e que está perto de passar o “bastão” ao seu filho, Fábio de Oliveira Resquetti, que trabalha na parte logística e financeira, e ao seu sobrinho Ricardo Espadari Resquetti, que atua na parte administrativa. Ele passa por tratamento contra câncer e torce para que os seus sucessores tenham bastante sucesso no negócio.

A indústria paranaense é associada da Afrebras (Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil) e vê na criação da Frente Parlamentar Mista Bebidas Brasil uma grande chance de igualar a concorrência com as grandes empresas de refrigerantes que crescem a custo dos créditos e benefícios fiscais, principalmente na Zona Franca de Manaus.